top of page
  • Foto do escritorKika Mesquita

"Speed Vive": Projeto celebra os 50 anos do precursor da nova escola do Rap no Brasil


Foto: Reprodução

Claudio Marcio, mais conhecido como SpeedfreakS, começou sua carreira nos anos 80, quando integrou as bandas Últimas Consequências e Jungle Junkie Bullets. Pioneiro da música rap em Niterói, sua cidade natal, abriu novos caminhos para a linguagem e estética do estilo no Brasil. Na década de 90, formou o grupo Speed ​​Freaks, ao lado de Black Alien e DJ Rodrigues. Mais tarde, fez parte da banda Planet Hemp e colaborou com grandes nomes da música brasileira como Fernanda Abreu, Herbert Viana, Charlie Brown Jr. etc. Posteriormente seguiu carreira solo, lançou 6 álbuns independentes e fez diversas parcerias. Considerado o precursor da nova escola do rap nacional, suas músicas alcançaram o Brasil e o exterior. Infelizmente nos deixou com 38 anos, em 2010, vítima da violência urbana.


SPEED VIVE 50 ANOS


Para celebrar o cinquentenário deste ícone atemporal da cultura musical brasileira, que contribuiu para a evolução e o desenvolvimento da cena hip hop no brasil, nasceu o projeto "Speed Vive 50 Anos", que tem por objetivo homenagear a memória e a música do artista, ao revisitar o legado cultural por ele deixado, difundir a obra dentre as novas gerações e contemplar o público que já conhece a admira seu trabalho.

Com o apoio dos fãs, amigos e familiares do Claudio, e a partir de financiamentos coletivos, a iniciativa já produziu um livro biográfico (Eu Sou Assim Eu Sou Speed, 2019) e um filme documentário (SpeedfreakS: Psicopata Camarada, 2020).

Um extenso trabalho de base foi realizado pela equipe envolvida no programa, que teve acesso ao acervo completo do artista, onde foi possível pesquisar a sua biografia e fazer a curadoria final da sua obra musical, visto que o artista faleceu de forma inesperada. Hoje, é possível ter acesso gratuito às informações no site oficial e redes sociais oficiais do Speed Vive.

O projeto vai circular por diferentes territórios difundindo essa história em formato de homenagem festiva, a partir de um evento que reúne a exibição do filme “Speedfreaks: Psicopata Camarada”, bate-papo com o diretor Rafael Porto e músicos que foram parceiros do Speed, seguido de um pocketshow de rap que revisita a obra do artista nas interpretações de: Dj The Bug, Tigrão, Victor Bhing-i, Gilber-t e participações especiais.

A concepção estética do Speed vive – 50 anos conta com o improviso, a mixagem de ideias, tendências, comportamentos que traduzem a expressão musical urbana, agora apresentados em um evento que mistura artes visuais, bate-papo com o público e performance musical.


LIVE

Nesta quarta-feira, dia 08 de junho, às 19h, vai rolar uma live muito especial na plataforma Twitch, para contar a história do filme "Speedfreaks: Um Psicopata Camarada". Participam do bate-papo Rafael Porto, diretor do documentário, a jornalista Lorena Calabria e o apresentador Ronald Rios. Imperdível!


Para maiores informações sobre o projeto acesse o site oficial.






Comments


bottom of page