top of page
  • Foto do escritorKika Mesquita

Rock in Rio 2022:Cidade do Rock reencontra público com shows emocionantes e potentes no Dia do Metal



Foto: Reprodução / Erico Andrade / G1

O grande dia chegou! Depois de ter a edição 2021 adiada por causa da pandemia, o Rock in Rio finalmente reencontrou o público na Cidade do Rock, nesta sexta-feira (02/09).


Abrindo o Dia do Metal, a banda mineira Black Pantera, um dos grandes nomes do metal brasileiro dos últimos anos, incendiou o Palco Sunset com um show potente, discurso antirracista e muito som pesado com direito a várias rodinhas punk na plateia. O show trouxe o sensacional encontro do grupo com a icônica banda pernambucana Devotos e ainda uma bela homenagem a Elza Soares.

Em seguida, foi a vez do Metal Allegiance. A banda que reúne lendas do heavy metal em sua formação foi a segunda a se apresentar no Palco Sunset. Fazendo sua estreia no Rock in Rio, o grupo esbanjou muita técnica e carisma, levantando o público e deixando sua marca na Cidade do Rock.


No Palco Mundo, o primeiro show da noite foi a espetacular mistura de heavy metal com música clássica no encontro do Sepultura e a Orquestra Sinfônica Brasileira.

A apresentação inédita, batizada de Sepultura in Concert, foi pensada exclusivamente para o festival e levantou o público que curtiu desde Igor Stravinsky, Ludwig van Beethoven e Vivaldi até as músicas de maior sucesso de uma das maiores bandas de metal do planeta.


Em seguida, foi a vez da inspiradora banda Living Colour levar seu som pesado ao Sunset. O grupo foi apresentado por Zé Ricardo, genial diretor artístico que é responsável pelas criativas misturas do palco. Muito emocionado, ele falou sobre a alegria do reencontro com o público após o período tão difícil da pandemia.

Em um show político, os músicos nova iorquinos tiveram vários momentos de conexão com o momento atual do Brasil. Depois de presentear o público com seus sucessos, o grupo recebeu no palco ninguém menos que o guitarrista virtuoso Steve Vai para a segunda metade do show. Juntos, eles tocaram clássicos de Led Zeppelin a Jimi Hendrix e empolgaram os fãs.

O segundo show do Palco Mundo foi com a banda francesa Gojira. A banda de death metal progressivo entregou um show repleto de clássicos, técnica e simpatia. Engajados com as pautas ambientais, os músicos chamaram atenção para a causa indígena antes de tocar a faixa “Amazônia” com a presença dos nossos índios no palco.


Logo após, foi a vez do Bullet For My Valentine incendiar o Palco Sunset. Uma das atrações mais aguardadas do Rock in Rio 2022, o grupo britânico arrastou uma multidão que fez coro em praticamente todas as músicas e foi ao delírio com uma apresentação repleta de hits e cheia de energia.


No Palco Mundo, chegou a vez do headliner da noite: Iron Maiden. Liderado por Bruce Dickinson, esbanjando energia aos 64 anos, o lendário grupo levantou o público que cantava emocionado quase todas as faixas. Crianças, adolescentes, adultos, casais, todos se uniram para prestigiar uma das bandas mais importantes de todos os tempos e mostrar que o metal está mais vivo do que nunca.


O Dream Theater fechou a noite do metal no Palco Mundo. Com a difícil missão de se apresentar depois do headliner, o grupo entregou um show belíssimo, repleto de técnica e energia. O público foi presenteado com sucessos dos 40 anos de carreira da banda bem como do último álbum, A View from the Top of the World.

Foto: Reprodução
















Comments


bottom of page