top of page
  • Kika Mesquita

Música inédita com Ringo Starr e George Harrison é encontrada em um apartamento na Inglaterra


Foto: Reprodução / Getty Images

Uma música inédita com Ringo Starr e George Harrison foi encontrada em um loft.

Como relata a BBC News, a canção - intitulada “Radhe Shaam” - foi escrita e produzida em 1968, por Suresh Joshi. A música tem Ringo e Harrison na bateria e guitarra, respectivamente, bem como o músico clássico indiano Aashish Khan.

A raridade foi encontrada na casa de Joshi, em Birmingham, durante o lockdown, e foi apresentada hoje (10/11), pela primeira vez, no Museu dos Beatles, em Liverpool, com transmissão da rádio BBC. O lançamento oficial da música está marcado para amanhã (11 de novembro) e toda a receita será revertida para instituições de caridade.

“Radhe Shaam” foi gravada no Trident Studios em Londres, onde os Beatles estavam gravando “Hey Jude”. Na época, Joshi estava no mesmo prédio trabalhando na música para um documentário chamado “East Meets West”.

Um tempo depois, Joshi apresentou Harrison ao músico indiano Ravi Shankar, que posteriormente ensinou o guitarrista a tocar cítara. “O tempo tinha passado, os Beatles estavam se separando e tinham vários problemas, então ninguém queria lançar a música”, disse Joshi, acrescentando que o lockdown era uma “bênção disfarçada, pois não tínhamos nada para fazer”.

O amigo de Joshi, Deepak Pathak, insistiu em procurar a fita master, quando descobriu sobre sua conexão com os Beatles. Depois de encontrá-la, Pathak enviou a música ao produtor musical Suraj Shinh, que restaurou a fita e mixou a música.

“A canção em si gira em torno do conceito de que somos todos um e que o mundo é nossa ostra”, disse Joshi. “Isso foi algo que todos nós percebemos durante esta pandemia.”

Paul Parry, gerente do Liverpool Beatles Museum, explicou que os 100 convidados que ouviram a música - incluindo Joshi - “adoraram”.

“Foi um momento e tanto. Nos levou para outro lugar ”, explicou ele. “Era inconfundivelmente a guitarra de George e era quase como trazê-lo de volta à vida. Era inconfundivelmente a bateria de Ringo também.”



Comments


bottom of page