top of page
  • Foto do escritorKika Mesquita

Amigos relatam desconforto de Taylor Hawkins com agenda de shows do Foo Fighters


Foto: Reprodução/Getty Images

Uma polêmica veio à tona após uma extensa matéria da Rolling Stone relatar como foram os últimos dias de vida do lendário baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins.

Amigos próximos do músico conversaram com a revista e relataram que ele teria expressado desconforto com a intensa agenda de shows da banda, dizendo que estava lutando para acompanhar as demandas físicas do trabalho, que muitas vezes exigia que ele fizesse shows de três horas noite após noite.

Entre os entrevistados estavam Matt Cameron, do Pearl Jam, e Chad Smith, do Red Hot Chili Peppers. Segundo eles, Hawkins teria dito que conversou com Dave Grohl sobre seu desconforto com a agenda da turnê nos meses anteriores à sua morte.

“Ele teve uma conversa franca com Dave e, sim, ele me disse que ‘não podia mais fazer isso’ – essas foram suas palavras”, disse Cameron. “Então eu acho que eles chegaram a um entendimento, mas parece que a agenda da turnê ficou ainda mais louca depois disso.”

Um representante do Foo Fighters disse à Rolling Stone que Hawkins nunca levantou essas questões: "Não, nunca houve uma conversa franca- ou qualquer tipo de reunião sobre esse tópico - com Dave e Silva (manager do grupo)”.

A matéria também revela um possível incidente de dezembro de 2021, quando Hawkins teria perdido a consciência em um avião em Chicago. A informação também foi negada pelo representante do Foo Fighters.

De acordo com a revista, Chad Smith, do Red Hot Chili Peppers, teria relatado que Hawkins lhe disse: "Eu não posso mais fazer dessa forma". Smith continuou: “Depois disso, ele teve uma conversa franca e importante com Dave e o manager. Ele disse: 'Eu não posso continuar com esse cronograma, então temos que descobrir algo.'”

Ainda segundo a Rolling Stone, familiares de Hawkins e seus companheiros de banda não quiseram conceder entrevistas para falar sobre o assunto.

Hawkins morreu em março, aos 50 anos, durante uma turnê com o Foo Fighters em Bogotá, Colômbia. O último show do baterista com a banda aconteceu no dia 20 de março no Lollapalooza Argentina, em Buenos Aires.

Após a morte do icônico músico, o Foo Fighters cancelou todas as datas programadas da turnê.


Comments


bottom of page