top of page
  • Foto do escritorKika Mesquita

Recomeço? Jon Bon Jovi e Richie Sambora assistem juntos aos primeiros episódios do documentário

bon jovi rock in rio richie sambora
Foto: Reprodução / Getty Images

Embora muitos fãs considerassem irreparável a ruptura entre Jon Bon Jovi e Richie Sambora, a realidade revela um cenário mais esperançoso. Às vésperas da estreia do documentário "Thank You, Goodnight: The Bon Jovi Story", em 26 de abril, Jon Bon Jovi compartilhou com o Entertainment Tonight detalhes sobre um reencontro virtual com o ex-guitarrista.


Juntos, assistiram aos primeiros três episódios da produção, e Jon relata ter presenciado, pela primeira vez, o arrependimento de Sambora por ter deixado a banda em 2013. O vocalista esclarece que a saída do músico não foi motivada por questões financeiras ou pessoais, mas sim por "problemas" que o impediram de comparecer a um show, deixando um "vazio no palco" diante de 20.000 fãs.


Jon Bon Jovi reconhece as diversas pressões que Sambora enfrentava na época, incluindo abuso de substâncias, ansiedade, os desafios da paternidade solteira e a perda de seu pai. Ele questiona: "Esses foram desafios imensos. Mas, pensando bem, por que eu deveria comprometer o sustento da banda? E os milhões que compraram ingressos? Deveríamos parar tudo porque ele não queria se reabilitar?".


Apesar das dificuldades, a relação entre os dois artistas se reconstruiu gradualmente ao longo dos últimos dez anos. "Você lê, conversa com especialistas, reflete e passa a compreender que as decisões dele não foram tomadas com mágoa", relata Jon ao ET.


Enquanto o Bon Jovi se prepara para o lançamento do álbum "Forever" em 7 de junho, Jon prefere adiar as turnês até se recuperar completamente da cirurgia vocal realizada em 2022. "Não vou diminuir a qualidade da nossa performance ao vivo. Acredito que somos uma excelente banda", afirma o músico, demonstrando confiança no futuro da banda.


Comentários


bottom of page