top of page
  • Foto do escritorKika Mesquita

Há 55 anos, o The Doors lançava o clássico “Light My Fire”


Foto: Reprodução

Quando o The Doors estava bem no começo e ainda não tinha nem entrado em um estúdio de gravação, Jim Morrison era o único compositor. Ele pediu aos integrantes da banda que tentassem compor algumas músicas, pois a gravadora Elektra Records estava interessada em gravar o primeiro álbum da banda, e faltavam mais algumas canções para fechar a lista. O guitarrista Robby Krieger compôs uma melodia, a primeira estrofe e o refrão. Morrison curtiu e compôs uma segunda estrofe, muito mais sombria e fúnebre que a primeira, e juntos eles finalizaram a letra da música.

O tecladista Ray Manzarek criou aquela introdução inconfundível e, com solos longos, a música ficou com mais de seis minutos. O presidente da gravadora, Jac Holzman, disse então que se eles encurtassem a música, ela seria com toda certeza um sucesso. A princípio a banda reagiu negativamente, mas depois acabou aceitando e a faixa passou a ter pouco mais de quatro minutos. E foi nesse formato mais curto que "Light my Fire" foi lançada, em 24 de abril de 1967. Alguns meses depois, em 29 de julho de 1967, a banda chegou ao topo das paradas. A música se tornou o grande hit do ano, marcou a geração do fim dos anos 60 e se transformou em um dos maiores clássicos da música mundial.


Commentaires


bottom of page