top of page
  • Kika Mesquita

Há 41 anos, o mundo perdia a genialidade de John Lennon


Foto: Reprodução

Há exatos 41 anos, em 08 de dezembro de 1980, o mundo perdia a genialidade de John Lennon.

Por volta das 23 horas daquela segunda-feira, John retornava com sua esposa, Yoko Ono, de um estúdio de gravação. Ao chegar em casa, no Edifício Dakota em Nova York, um homem de 25 anos chamado Mark David Chapman, que no fim da tarde do mesmo dia havia encontrado com Lennon junto a fãs e conseguido um autógrafo do artista em uma capa do álbum "Double Fantasy", sacou um revólver e efetuou cinco disparos contra o músico. Lennon foi declarado morto ao chegar ao hospital.

O cantor, compositor e guitarrista mudou a história da música como membro dos Beatles e como artista solo, deixando um legado que atravessou gerações.


Comments


bottom of page