top of page
  • Foto do escritorKika Mesquita

Encontro de Ícones: Como Slash Orquestrou as Participações de Brian Johnson e Steven Tyler em seu novo álbum de blues

slash brian johnson acdc rock in rio steven tyler aerosmith
Foto: Reprodução / Getty Images

Slash revelou como conseguiu que as duas lendas Brian Johnson, vocalista do AC/DC, e Steven Tyler participassem do seu próximo álbum.


O guitarrista do Guns N' Roses lançará seu próximo disco de blues, "Orgy Of The Damned", em 17 de maio pela Gibson Records, e compartilhou seu single principal, um cover de "Killing Floor" de Howlin' Wolf. A música conta com a participação de Johnson e de Steven Tyler do Aerosmith na gaita.


Em conversa com o Check In, da Audacy, Slash comentou: “Eu tinha a música e estava tentando pensar em quem seria perfeito para ela. E pensei no Brian. Eu conheço Brian há bastante tempo agora. E ele tem aquele tipo de aspereza ótima na voz. Então liguei para ele, e acontece que ele é um grande fã do Howlin' Wolf.”


O guitarrista acrescentou: “Além disso, ele me contou que está trabalhando atualmente em algo como uma espécie de projeto de blues-orquestra. Não me cite nisso, mas algo nesse sentido. De qualquer maneira, ele estava animado para fazer essa música em particular. E isso é exatamente o que você procura, quando você chama qualquer um desses grandes artistas e tem uma música cover que você quer apresentar, e se eles estariam dispostos a participar, que a música fale com eles também, que tenha significado para eles, não só para mim. E foi assim com Brian. Ele estava tipo, 'Ah, que demais. Vamos nessa.'"


A faixa também conta com a participação de Steven Tyler na gaita. Sobre como Tyler se envolveu, Slash disse: “Ele veio para fazer a gaita ou simplesmente tinha uma gaita com ele. Não me lembro bem, mas mostrei a faixa para ele. Ele achou ótima. Então foi algo muito espontâneo. Foi inspirado no momento, o que é ótimo capturar, especialmente hoje em dia, porque as pessoas, em geral, não fazem mais discos assim. Tudo é muito bem planejado, cultivado, homogeneizado e produzido, e isso foi muito de improviso.”



Comentários


bottom of page